1. Havia na terra de Hus um homem, chamado Job. Este homem era sincero, recto, temia a Deus e fugia do mal.

2. Nasceram-lhe sete filhos e três filhas.

3. Possuía sete mil ovelhas, três mil camelos, quinhentas juntas de bois, quinhentas jumentas e um grande número de servos. Este homem era o maior entre todos os Orientais.

4. Seus filhos iam e banqueteavam-se em suas casas, cada um em seu dia, e mandavam convidar suas três irmãs para irem comer e beber com eles.

5. Tendo decorrido o turno dos dias de banquete, Job mandava chamar seus filhos, purificava-os e, levantando-se de madrugada, oferecia holocausto por cada um deles, porque dizia: Talvez meus filhos tenham pecado, ofendido a Deus nos seus corações. Assim fazia Job de cada vez.

6. Porém um certo dia, tendo-se os filhos de Deus (isto é, os anjos) apresentado diante do Senhor, encontrou-se também Satanás entre eles.

7. O Senhor disse-lhe: Donde vens tu? Ele respondeu: Venho de dar uma volta pela terra e de passear por ela.

8. O Senhor disse-lhe: Porventura consideraste o meu servo Job? Não há semelhante a ele na terra: homem sincero e recto, teme a Deus e foge do mal?

9. Satanás, respondeu: Porventura Job teme (ou serve) debalde a Deus?

10. Não o cercaste de um vaiado protetor, a ele, à sua casa e a todos os seus bens? Não abençoaste as obras de suas mãos, e os seus bens não se têm multiplicado sobre a terra?

11. Mas estende tu um pouco a tua mão, toca em tudo o que ele possui, e verás se ele te não amaldiçoa na tua face.

12. Disse, pois, o Senhor a Satanás: Pois bem, tudo o que ele tem está era teu poder; sòmente não estendas a tua mão contra ele. Satanás saiu da presença do Senhor.

13. Um dia, enquanto os filhos e as filhas de Job estavam comendo e bebendo vinho em casa do seu irmão primogênito,

14. foi ter com Job um mensageiro, que lhe disse: Os bois lavravam, e as jumentas pastavam junto deles;

15. de repente acometeram-nos os Sabeus, que levaram tudo e passaram à espada os criados; só eu escapei para te trazer a nova.

16. Estando ainda este a falar, veio outro e disse: O fogo de Deus caiu do céu, e, ferindo as ovelhas e os pastores, consumiu-os; escapei eu só para te trazer a nova.

17. Ainda este falava, quando chegou outro, que disse: Os Caldeus dividiram-se era três esquadrões, lançaram-se sobre os camelos e levaram-nos, e passaram à espada os criados; só eu escapei para te trazer a nova.

18. Ainda este estava falando, quando entrou outro, que disse: Estando teus filhos e filhas comendo e, bebendo vinho em casa de seu irmão mais velho,

19. de repente levantou-se um vento muito forte da banda do deserto, que abalou os quatro cantos da casa, a qual, caindo, esmagou os teus filhos, que morreram; só escapei eu para te trazer a nova.

20. Então levantou-se Job, rasgou as suas vestes e rapou a cabeça; depois prostrou-se por terra, adorou (o Senhor)

21. e disse: Nu saí do ventre de minha mãe, e nu tornarei para lá (para o seio da terra); o Senhor o deu, o Senhor o tirou, como foi do agrado do Senhor, assim sucedeu; bendito seja o nome do Senhor.

22. Em todas estas coisas Job não pecou com os seus lábios, nem disse coisa alguma insensata contra Deus.





“Subamos sem nos cansarmos, sob a celeste vista do Salvador. Distanciemo-nos das afeições terrenas. Despojemo-nos do homem velho e vistamo-nos do homem novo. Aspiremos à felicidade que nos está reservada.” São Padre Pio de Pietrelcina