24. Ipse enim fines mundi intuetur et omnia, quae sub caelo sunt, respicit.





“Queira o dulcíssimo Jesus conservar-nos na Sua graça e dar-nos a felicidade de sermos admitidos, quando Ele quiser, no eterno convívio…” São Padre Pio de Pietrelcina