Löydetty 1152 Tulokset: Jesus

  • Vieram, então, os discípulos de João transladar seu corpo, e o enterraram. Depois foram dar a notícia a Jesus. (São Mateus 14, 12)

  • A essa notícia, Jesus partiu dali numa barca para se retirar a um lugar deserto, mas o povo soube e a multidão das cidades o seguiu a pé. (São Mateus 14, 13)

  • Quando desembarcou, vendo Jesus essa numerosa multidão, moveu-se de compaixão para ela e curou seus doentes. (São Mateus 14, 14)

  • Caía a tarde. Agrupados em volta dele, os discípulos disseram-lhe: “Este lugar é deserto e a hora é avançada. Despede esta gente para que vá comprar víveres na aldeia”. 16 Jesus, porém, respondeu: “Não é necessário: dai-lhe vós mesmos de comer”. – (São Mateus 14, 15)

  • Logo depois, Jesus obrigou seus discípulos a entrar na barca e a passar antes dele para a outra margem, enquanto ele despedia a multidão. (São Mateus 14, 22)

  • Pela quarta vigília da noite, Jesus veio a eles, caminhando sobre o mar.* (São Mateus 14, 25)

  • Mas Jesus logo lhes disse: “Tranquilizai-vos, sou eu. Não tenhais medo!”. (São Mateus 14, 27)

  • Ele disse-lhe: “Vem!”. Pedro saiu da barca e caminhava sobre as águas ao encontro de Jesus. (São Mateus 14, 29)

  • No mesmo instante, Jesus estendeu-lhe a mão, segurou-o e lhe disse: “Homem de pouca fé, por que duvidaste?”. (São Mateus 14, 31)

  • Alguns fariseus e escribas de Jeru­salém vieram um dia ter com Jesus e lhe disseram: (São Mateus 15, 1)

  • Jesus respondeu-lhes: “E vós, por que violais os preceitos de Deus, por causa de vossa tradição? (São Mateus 15, 3)

  • Jesus respondeu: “Toda planta que meu Pai celeste não plantou será arrancada pela raiz. (São Mateus 15, 13)


“Façamos o bem, enquanto temos tempo à nossa disposição. Assim, daremos glória ao nosso Pai celeste, santificaremos nós mesmos e daremos bom exemplo aos outros.” São Padre Pio de Pietrelcina