1. Sara viveu cento e vinte e sete anos,

2. e morreu na cidade de Arbeia, que é Hebron, na terra de Canaan. Abraão veio para a prantear e chorar.

3. Quando se levantou, depois de acabado o pranto fúnebre, falou aos filhos de Heth, dizendo:

4. sou forasteiro e peregrino entre vós: dai-me o direito da sepultura entre vós, para eu sepultar a minha defunta.

5. Os filhos de Heth responderam, dizendo:

6. senhor, ouve-nos: tu és entre nós um príncipe de Deus: sepulta a tua defunta nas nossas mais belas sepulturas, que nenhum de nós te proibirá que a sepultes no seu túmulo.

7. Abraão levantou-se e inclinou-se diante do povo daquela terra, isto é, diante dos filhos de Heth,

8. e disse-lhe: se é do vosso agrado que eu sepulte a minha defunta, ouvi-me e intercedei por mim junto de Efron, filho de Seor,

9. para que ele me ceda a dupla caverna, que tem na extremidade do seu campo; pelo seu justo preço ma ceda diante de vós, para que eu seja seu demo, e dela faça um sepulcro.

10. Ora Efron estava (sentado) no meio dos filhos de Heth. Efron respondeu a Abraão, ouvindo-o todos os que entravam pela porta da cidade, assim:

11. de nenhuma sorte, meu Senhor, mas antes ouve o que digo: dou-te o campo e a caverna que nele há, em presença dos filhos do meu povo: Sepulta a tua defunta.

12. Abraão inclinou-se, outra vez, diante do povo daquela terra,

13. e disse a Efron, em presença da multidão: peço-te que me ouças: eu te darei o dinheiro pelo campo; recebe-o, e assim sepultarei nele a minha defunta.

14. Efron respondeu:

15. meu Senhor, ouve-me: a terra, que tu pedes, vale quatrocentos siclos de prata: este é o (seu) preço entre mim e ti; mas que é isto? Sepulta a tua defunta.

16. Tendo ouvido isto, Abraão pesou na presença dos filhos de Heth o dinheiro que Efron tinha pedido, isto é, quatrocentos siclos de prata de boa moeda corrente

17. E o campo, outrora de Efron, no qual estava uma dupla caverna, que olhava para Mambré, tanto o campo como a caverna, e todas as árvores que estavam em redor dentro dos seus confins,

18. tudo foi cedido em pleno domínio a Abraão, na presença dos filhos de Heth e de todos os que entravam pela porta daquela cidade.

19. Deste modo, Abraão sepultou Sara, sua mulher, na dupla caverna do campo que olha para Mambré, que é Hebron, na terra de Canaan.

20. E foi confirmado a Abraão pelos filhos de Heth o domínio do campo e da caverna, que havia nele, para servir de sepulcro.





“Quanto mais se caminha na vida espiritual, mais se sente a paz que se apossa de nós.” São Padre Pio de Pietrelcina