Talált 34 Eredmények: Urias

  • Informando-se Davi a respeito dela, disseram-lhe: “É Betsabeia, filha de Elião, mulher de Urias, o hiteu”. (II Samuel 11, 3)

  • Então, Davi enviou uma mensagem a Joab, dizendo-lhe: “Manda-me Urias, o hiteu”. Joab assim fez. (II Samuel 11, 6)

  • Quando Urias chegou, Davi pediu-lhe notícias de Joab, do exército e da guerra. (II Samuel 11, 7)

  • E, em seguida, disse-lhe: “Desce à tua casa e lava os teus pés”. Urias saiu do palácio do rei e este mandou que o seguissem com um presente seu. (II Samuel 11, 8)

  • Mas Urias não desceu à sua casa; dormiu à porta do palácio com os demais servos de seu amo. (II Samuel 11, 9)

  • Comunicaram-no a Davi: “Urias não foi à sua casa”. O rei então lhe disse: “Não voltaste porventura de uma viagem? Por que não vais à tua casa?”. (II Samuel 11, 10)

  • “A arca – respondeu Urias – se aloja debaixo de uma tenda, assim como Israel e Judá. Joab, meu chefe e seus suboficiais acampam ao relento e teria eu ainda a coragem de entrar em minha casa para comer, beber e dormir com minha mulher? Pela tua vida, não farei tal coisa.” (II Samuel 11, 11)

  • Davi disse-lhe: “Fica ainda hoje aqui; amanhã te despedirei”. E Urias permaneceu em Jerusalém naquele dia. No dia seguinte, (II Samuel 11, 12)

  • Davi o convidou, fê-lo comer e beber em sua presença e o embriagou. Mas à noite, Urias não desceu à sua casa; saiu e deitou-se com os demais servos de seu senhor.* (II Samuel 11, 13)

  • Na manhã seguinte, Davi escreve uma carta a Joab, enviando-a por Urias. (II Samuel 11, 14)

  • Dizia na carta: “Coloca Urias na frente, onde o combate for mais renhido e desam­parai-o para que ele seja ferido e morra”. (II Samuel 11, 15)

  • Joab, que sitiava a cidade, pôs Urias no lugar onde sabia que estavam os mais valorosos guerreiros. (II Samuel 11, 16)


O maldito “eu” o mantém apegado à Terra e o impede de voar para Jesus. São Padre Pio de Pietrelcina