Fondare 371 Risultati per: Jacó

  • Jacó, partindo de Bersabeia, tomou o caminho de Harã. (Gênesis 28, 10)

  • Jacó, despertando de seu sono, exclamou: “Em verdade, o Senhor está neste lugar, e eu não o sabia!”. (Gênesis 28, 16)

  • No dia seguinte, pela manhã, tomou Jacó a pedra: sobre a qual repousara a cabeça e a erigiu em estela, derramando óleo sobre ela. (Gênesis 28, 18)

  • Jacó fez então este voto: “Se Deus for comigo, se ele me guardar durante esta viagem que empreendi, e me der pão para comer e roupa para vestir, (Gênesis 28, 20)

  • Jacó pôs-se de novo a caminho e foi para a terra dos filhos do oriente. (Gênesis 29, 1)

  • Jacó disse aos pastores: “Meus ir­mãos, de onde sois?”. “Somos de Harã” – responderam. (Gênesis 29, 4)

  • “É ainda pleno dia – tornou Jacó – e não é hora de se recolherem os rebanhos. Dai de beber às ovelhas e levai-as de novo ao pasto.” (Gênesis 29, 7)

  • Logo que Jacó viu Raquel, filha de Labão, irmão de sua mãe, aproximou-se, rolou a pedra de cima da boca do poço e deu de beber às ovelhas de Labão. (Gênesis 29, 10)

  • Tendo Labão ouvido falar de Jacó, filho de sua irmã, correu-lhe ao encontro, abraçou-o, beijou-o e o conduziu à sua casa. Jacó contou-lhe tudo o que se tinha passado, (Gênesis 29, 13)

  • e Labão disse-lhe: “Sim, tu és de meus ossos e de minha carne”. Jacó ficou em casa dele um mês inteiro. (Gênesis 29, 14)

  • Jacó, que amava Raquel, disse a Labão: “Eu te servirei sete anos por Raquel, tua filha mais nova”. (Gênesis 29, 18)

  • Assim, Jacó serviu por Raquel sete anos, que lhe pareceram dias, tão grande era o amor que lhe tinha. (Gênesis 29, 20)


“Nunca se canse de rezar e de ensinar a rezar.” São Padre Pio de Pietrelcina