1. No ano quarto do reinado de Dario, foi dirigida a palavra do Senhor a Zacarias, no dia quarto do nono mês, que é o de Casleu.

2. Betel enviou Sarasar, Rogomelec e os homens que estavam com ele para apresentar as suas orações diante do Senhor

3. e fazer aos sacerdotes da casa do Senhor dos exércitos e aos profetas esta pergunta: Porventura devo eu chorar no quinto mês, jejuando, como já o fiz durante muitos anos (Que durou o cativeiro)? (ver nota)

4. Foi-me dirigida a palavra do Senhor dos exércitos, nestes termos: (ver nota)

5. Dize a todo o povo do pais e aos sacerdotes o seguinte: Quando vós jejuáveis e choráveis no quinto e sétimo mês, durante estes setenta anos, foi por meu respeito que jejuastes?

6. Quando comestes e bebestes, não foi para vós que comestes e bebestes?

7. Porventura não são estas as coisas que disse o Senhor por meio dos profetas que nos precederam, quando Jerusalém era ainda habitada e estava Cheia de riquezas, ela e as cidades circunvizinhas, e quando havia população em Negueb e Sefeíah? (ver nota)

8. Foi dirigida a Zacarias a palavra do Senhor, nestes termos:

9. Assim fala o Senhor dos exércitos: Julgai segundo a verdadeira justiça, e cada um de vós exerça com seu irmão obras de amor e de misericórdia,

10. Não oprimais a viúva, nem o órfão, nem o estrangeiro, nem o pobre; nenhum forme no seu coração maus desígnios contra os outros.

11. Porém eles não quiseram atender (à minha voz), antes se retiraram voltando-me as costas, e taparam os seus ouvidos para não ouvirem.

12. Tornaram o seu coração (duro) como um diamante, para não ouvirem o ensinamento e as palavras que o Senhor dos exércitos lhes dirigia pelo seu Espírito, por meio dos profetas do passado. Por isso se acendeu contra eles uma grande indignação do Senhor dos exércitos.

13. Sucedeu que (o Senhor) os chamou e que eles não o ouviram. Assim, quando eles gritarem, eu não os ouvirei, diz o Senhor dos exércitos.

14. Dispersei-os por todos os reinos que lhes eram desconhecidos; atrás deles ficou o país desolado, não havendo quem por ele transitasse. Transformaram num deserto uma terra de delícias.





“Nossa Senhora está sempre pronta a nos socorrer, mas por acaso o mundo a escuta e se emenda?” São Padre Pio de Pietrelcina