1. Jacob chamou seus filhos, e disse-lhes: Juntai-vos, para que vos anuncie o que vos acontecerá nos dias futuros.

2. Juntai-vos e ouvi, filhos de Jacob, ouvi Israel, vosso pai:

3. Ruben, meu primogênito, tu, a minha fortaleza e o primeiro fruto do meu vigor, o primeiro na dignidade, o maior no império,

4. derramaste-te como a água. Não terás a preeminência, porque subiste ao leito do teu pai, e profanaste o seu tálamo.

5. Simeão e Levi (são) irmãos. (As suas espadas são) instrumentos mortíferos de iniquidade.

6. Que a minha alma não tenha parte nos seus conselhos. e que a minha alma não se una aos seus conluios, porque, no seu furor, mataram homens, e na sua vontade (criminosa) cortaram os jarretes dos touros. (ver nota)

7. Maldita a sua cólera porque (foi) violenta, e o seu furor, porque (foi) cruel. Eu os dividirei em Jacob, e os espalharei em Israel.

8. Judá, teus irmãos te louvarão: a tua mão estará sobre as cervizes de teus inimigos: os filhos de teu pai se prostrarão diante de ti.

9. Judá é um cachorro de leão. Correste, meu filho, para a presa, deitaste-te para descansar como o leão, e como a leoa, quem o despertará? (ver nota)

10. O cetro não será tirado de Judá, nem o bastão soberano de entre os seus pés, até que venha aquele de quem é o mando, e a quem os povos devem obediência. (ver nota)

11. Ele atará à vinha o seu jumentinho, e à videira, ó meu filho, a suá jumenta, Lavará a sua túnica no vinho, e a sua capa no sangue da uva. (ver nota)

12. Os seus olhos são mais escuros que o vinho, e os seus dentes mais brancos do que o leite. (ver nota)

13. Zabulon habitará na praia do mar, e no ancoradouro dos navios, estendendo-se até Sidónia. (ver nota)

14. Issacar é (como) jumento robusto que está deitado dentro do seu estábulo. (ver nota)

15. Viu que o repouso era bom, e que a (sua) terra era ótima; curvou os seus ombros para levar pesos, e sujeitou-se aos tributos, (ver nota)

16. Dan julgará o seu povo, como qualquer outra tribo de Israel.

17. Dan é como uma serpente no caminho, uma víbora no atalho, que morde as unhas do cavalo, para que o cavaleiro caia para trás. (ver nota)

18. A tua salvação esperarei, ó Senhor. (ver nota)

19. Gad: salteadores o assaltam, e ele fere-os nos calcanhares.

20. Aser: Suculento é o seu pão, e ministrará delicias aos reis.

21. Neftali é uma corsa veloz, pronuncia palavras graciosas. (ver nota)

22. José é o rebento duma árvore fértil, o rebento duma árvore fértil junto duma fonte, cujos ramos passam por cima do muro.

23. Os arqueiros provocam-no, lançam-lhe flechas, os arqueiros o atacam,

24. O seu arco apoiou-se no forte; os seus braços e as mãos permanecem ágeis, pela mão do Poderoso de Jacob, por aquele que é o Pastor e a Rocha de Israel.

25. O Deus de teu pai será o teu auxilio, e o Omnipotente te abençoará com as bênçãos do alto céu, com as bênçãos do abismo, que jaz em baixo, com as bênçãos dos seios maternos e dos úteros. (ver nota)

26. As bênçãos de teu pai, que excedem as que ele recebeu de seus pais, e as delícias das colinas eternas. Derramem-se sobre a cabeça de José, sobre a cabeça daquele que é Príncipe dos seus irmãos.

27. Benjamim, lobo arrebatador. Pela manhã devorará a presa, e, à tarde, repartirá os despojos. (ver nota)

28. Todos estes são os chefes das doze tribos de Israel. Foi assim que lhes falou seu pai, foi assim que abençoou cada um deles, com bênçãos próprias,

29. Depois ordenou-lhes: Vou unir-me ao meu povo; sepultai-me com meus pais na caverna que está no campo de Efrom, o Heteu,

30. em frente de Mambré na terra de Canaan, e que Abraão comprou a Efrom, o Heteu, com o campo (onde ela está) para ter um sepulcro.

31. Ali sepultaram Abraão e Sara, sua mulher: ali foi sepultado Isaac com sua mulher Rebeca; ali jaz também sepultada Lia.

32. Tendo (Jacob) acabado de dar estas ordens a seus filhos, recolheu os seus pés para o leito, e morreu, e foi reunido ao seu povo (no Limbo). (ver nota)





“Quanto mais se caminha na vida espiritual, mais se sente a paz que se apossa de nós.” São Padre Pio de Pietrelcina