1. Mas Job, respondendo, disse: (ver nota)

2. Em verdade, só vós sois homens (sábios), e convosco morrerá a sabedoria!

3. Eu também tenho entendimento como vós, e não vos sou inferior; pois quem ignora isso que vós sabeis? (ver nota)

4. Sou objecto de riso dos meus amigos, eu que invocava Deus e a quem Deus respondia; objecto de riso o justo, o inocente!...

5. Desprezo ao desgraçado! Assim pensa o que é ditoso. Desprezo aquele cujos pés vacilam.

6. As casas dos ladrões estão na abundância, seguros estão os que atrevidamente provocam a Deus e que não têm outro deus senão o seu braço.

7. Pergunta, porém, aos animais, e eles te ensinarão, às aves do céu, e elas te indicarão.

8. Fala com a terra, e ela te responderá, e os peixes do mar te instruirão. (ver nota)

9. Quem ignora que a mão de Deus fez todas as coisas,

10. que ele tem na sua mão a alma de todo o vivente, e o sopro da vida de toda a carne humana.

11. Porventura o ouvido não distingue as palavras, como o paladar distingue o sabor dos alimentos ?

12. A sabedoria acha-se nos velhos, e a prudência na vida dilatada. (ver nota)

13. A sabedoria e a fortaleza estão em Deus; ele possui o conselho e a inteligência.

14. Se ele destruir, ninguém há que edifique, se aprisionar um homem, ninguém há que o solte.

15. Se retiver as águas, tudo secará, e, se as soltar, submergirão a terra.

16. Nele residem a fortaleza e a sabedoria; ele conhece o enganador e o que é enganado.

17. Ele conduz os conselheiros a um fim insensato, e conduz os juízes à estupidez. (ver nota)

18. Ele desata o cinturão dos reis, e cinge os seus rins com uma corda.

19. Deixa ir os sacerdotes sem glória, e abate os poderosos.

20. Troca as palavras dos homens mais hábeis, e tira o conselho aos velhos.

21. Faz cair o desprezo sobre os príncipes, e afrouxa a cintura dos fortes.

22. Tira das trevas as coisas mais ocultas, e traz à luz a (própria) sombra da morte.

23. Multiplica as nações e as destrói, e, depois de destruídas, as restitui ao seu primeiro estado.

24. Ele muda o coração dos príncipes do povo da terra, transvia-os em desertos sem caminhos;

25. Job faz uma longa enumeração dos males que, por permissão de Deus, sobrevêm a toda a classe de pessoas e de povos, para mostrar não tanto o seu poder como a independência em que está a sua ação dos méritos dessas pessoas e povos.

26. andam às apalpadelas nas trevas, longe da luz; fá-los andar errantes como ébrios.





“Viva feliz. Sirva ao Senhor alegremente e com o espírito despreocupado.” São Padre Pio de Pietrelcina