1. Se a oferta de alguém for um sacrifício pacífico de gado graúdo, apresentará diante do Senhor um macho ou fêmea sem defeito.

2. Porá a mão sobre a cabeça da sua vitima, a qual será imolada à entrada do tabernáculo da reunião, e os sacerdotes filhos de Aarão derramarão o sangue ao redor do altar.

3. Oferecerá desta vítima pacífica, em sacrifício pelo fogo ao Senhor, a gordura que cobre as vísceras, e tudo o que há de gordura interiormente:

4. os dois rins com a gordura, que cobre os lombos, e o redanho do figado com os rins.

5. Os filhos de Aarão queimarão tudo isto em holocausto sobre o altar, depois de ter posto fogo debaixo da lenha, em oblação de suavíssimo odor ao Senhor.

6. Porém, se a oferta e hóstia pacífica de alguém for de gado miúdo, quer ofereça um macho quer uma fêmea, serão sem defeito.

7. Se oferecer um cordeiro diante do Senhor,

8. porá a sua mão sobre a cabeça da sua vítima, a qual será imolada no vestíbulo do tabernáculo da reunião: os filhos de Aarão derramarão o seu sangue em redor do altar.

9. Desta vítima pacífica oferecerá, em sacrifício pelo fogo ao Senhor, a gordura e toda a cauda,

10. com os rins e a gordura que cobre o ventre e todas as vísceras, os dois rins com a gordura que está junto dos lombos, e o redanho do fígado com os rins.

11. O sacerdote queimará estas coisas sobre o altar, em alimento do fogo, e em oblação ao Senhor.

12. Se a oferta de alguém for uma cabra, e a oferecer ao Senhor,

13. pôr-lhe-á a mão sobre a cabeça, e a imolará à entrada do tabernáculo do testemunho. Os filhos de Aarão derramarão o seu sangue ao redor do altar.

14. Tomarão dela para o alimento do fogo do Senhor a gordura que cobre o ventre, e todas as vísceras;

15. os dois rins com o redanho, que está sobre eles junto dos lombos, e a gordura do fígado com os rins.

16. O sacerdote queimará estas coisas sobre o altar em alimento do fogo, e em suavíssimo odor ao Senhor. Toda a gordura será do Senhor,

17. por um direito perpétuo em todas as vossas gerações, e em todas as vossas moradas; jamais comereis sangue ou gordura.





“Jesus e a sua alma devem cultivar a vinha de comum acordo.” São Padre Pio de Pietrelcina