1. Quando qualquer pessoa fizer ao Senhor uma oblação, a sua oferta será de flor de farinha: derramará sobre ela azeite, porá incenso,

2. e a levará aos sacerdotes, filhos de Aarão, um dos quais tomará um punhado da flor da farinha com azeite, e todo o incenso, e porá estas coisas como um memorial sobre o altar, em suave odor ao Senhor.

3. O que ficar da oblação será de Aarão e dos seus filhos, e será uma coisa santíssima entre as ofertas feitas ao Senhor.

4. Quando fizeres uma oblação de coisa cozida no forno, será de flor de farinha, isto é, de pães sem fermento amassados com azeite, e filhós ázimas untadas com azeite.

5. Se a tua oferta for de coisa frita em sertã, seja flor de farinha amassada em azeite e sem fermento;

6. dividi-la-ás em pequenos pedaços, e lhe deitarás azeite por cima.

7. Mas, se o sacrifício for de coisa cozida sobre a grelha, igualmente será a flor da farinha com azeite.

8. Oferecê-la-ás ao Senhor, e a porás nas mãos do sacerdote,

9. o qual, oferecendo-a, tomará uma parte da oblação como um memorial, e a queimará sobre o altar em cheiro de suavidade ao Senhor.

10. Tudo o que ficar será de Aarão e de seus filhos, e será uma coisa santíssima entre os sacrifícios feitos pelo fogo ao Senhor.

11. Toda a oferta, que se fizer ao Senhor, será sem fermento, e no sacrifício ao Senhor não se queimará em cima do altar coisa de fermento ou de mel.

12. Destas coisas oferecereis somente primícias e dons, mas não serão postos sobre o altar em odor de suavidade.

13. Temperarás com sal toda a oblação que fizeres; não deixarás que falte à tua oferenda o sal da aliança do teu Deus. Em toda a tua oblação oferecerás sal.

14. Se, porém, fizeres ao Senhor uma oferta das primícias dos teus frutos, de espigas ainda verdes, torrá-las-ás ao fogo, e moê-las-ás como se faz (aos grãos) de trigo, e assim oferecerás as tuas primícias ao Senhor,

15. derramando azeite sobre (elas) e pondo-lhes por cima incenso, porque é uma oblação.

16. Dela o sacerdote queimará, em memória do donativo, uma parte do grão moído, e do azeite, e todo o incenso.





“Peçamos a São José o dom da perseverança até o final”. São Padre Pio de Pietrelcina