1. Havia na terra de Hus um homem, chamado Job. Este homem era sincero, recto, temia a Deus e fugia do mal.

2. Nasceram-lhe sete filhos e três filhas.

3. Possuía sete mil ovelhas, três mil camelos, quinhentas juntas de bois, quinhentas jumentas e um grande número de servos. Este homem era o maior entre todos os Orientais.

4. Seus filhos iam e banqueteavam-se em suas casas, cada um em seu dia, e mandavam convidar suas três irmãs para irem comer e beber com eles.

5. Tendo decorrido o turno dos dias de banquete, Job mandava chamar seus filhos, purificava-os e, levantando-se de madrugada, oferecia holocausto por cada um deles, porque dizia: Talvez meus filhos tenham pecado, ofendido a Deus nos seus corações. Assim fazia Job de cada vez.

6. Porém um certo dia, tendo-se os filhos de Deus (isto é, os anjos) apresentado diante do Senhor, encontrou-se também Satanás entre eles.

7. O Senhor disse-lhe: Donde vens tu? Ele respondeu: Venho de dar uma volta pela terra e de passear por ela.

8. O Senhor disse-lhe: Porventura consideraste o meu servo Job? Não há semelhante a ele na terra: homem sincero e recto, teme a Deus e foge do mal?

9. Satanás, respondeu: Porventura Job teme (ou serve) debalde a Deus?

10. Não o cercaste de um vaiado protetor, a ele, à sua casa e a todos os seus bens? Não abençoaste as obras de suas mãos, e os seus bens não se têm multiplicado sobre a terra?

11. Mas estende tu um pouco a tua mão, toca em tudo o que ele possui, e verás se ele te não amaldiçoa na tua face.

12. Disse, pois, o Senhor a Satanás: Pois bem, tudo o que ele tem está era teu poder; sòmente não estendas a tua mão contra ele. Satanás saiu da presença do Senhor.

13. Um dia, enquanto os filhos e as filhas de Job estavam comendo e bebendo vinho em casa do seu irmão primogênito,

14. foi ter com Job um mensageiro, que lhe disse: Os bois lavravam, e as jumentas pastavam junto deles;

15. de repente acometeram-nos os Sabeus, que levaram tudo e passaram à espada os criados; só eu escapei para te trazer a nova.

16. Estando ainda este a falar, veio outro e disse: O fogo de Deus caiu do céu, e, ferindo as ovelhas e os pastores, consumiu-os; escapei eu só para te trazer a nova.

17. Ainda este falava, quando chegou outro, que disse: Os Caldeus dividiram-se era três esquadrões, lançaram-se sobre os camelos e levaram-nos, e passaram à espada os criados; só eu escapei para te trazer a nova.

18. Ainda este estava falando, quando entrou outro, que disse: Estando teus filhos e filhas comendo e, bebendo vinho em casa de seu irmão mais velho,

19. de repente levantou-se um vento muito forte da banda do deserto, que abalou os quatro cantos da casa, a qual, caindo, esmagou os teus filhos, que morreram; só escapei eu para te trazer a nova.

20. Então levantou-se Job, rasgou as suas vestes e rapou a cabeça; depois prostrou-se por terra, adorou (o Senhor)

21. e disse: Nu saí do ventre de minha mãe, e nu tornarei para lá (para o seio da terra); o Senhor o deu, o Senhor o tirou, como foi do agrado do Senhor, assim sucedeu; bendito seja o nome do Senhor.

22. Em todas estas coisas Job não pecou com os seus lábios, nem disse coisa alguma insensata contra Deus.





“Deus nunca me recusou um pedido”. São Padre Pio de Pietrelcina