1. Aconteceu em Icónio que, segundo o seu proceder habitual, entraram juntos na sinagoga dos Judeus e falaram de tal modo que muitos Judeus e Gregos abraçaram a fé.

2. Mas os Judeus, que permaneceram incrédulos, excitaram e fizeram irritar os ânimos dos gentios contra os irmãos.

3. Por isso demoraram-se ali muito tempo, trabalhando cheios de coragem e de confiança no Senhor, que confirmava a palavra da sua graça, concedendo que fossem operados por suas mãos prodígios e milagres.

4. Dividiu-se o povo da cidade: uns eram pelos Judeus, outros pelos Apóstolos.

5. Mas, levantando-se um motim dos gentios e dos Judeus com os seus chefes, para os ultrajar e apedrejar,

6. tendo eles sabido isto, refugiaram-se nas cidades de Licaóuia, Listra e Derbe, e em toda aquela região em circuito.

7. Aí pregavam o Evangelho.

8. Ora em Listra havia um homem, leso dos pés, coxo de nascença, o qual nunca tinha andado.

9. Este (homem) ouvia pregar Paulo, o qual, pondo nele os olhos e vendo que tinha fé de que seria curado,

10. disse em alta voz: "Levanta-te direito sobre os teus pés." Ele levantou-se de um salto e pós-se a andar.

11. A multidão ao ver o que Paulo fizera, levantou a voz, dizendo em língua licaónica: "Estes são deuses que baixaram até nós em forma de homens."

12. E chamavam a Barnabé Zeus, e a Paulo Hermes, porque era este que (lhes) dirigia a palavra.

13. Além disso, o sacerdote de Zeus, que estava à entrada da cidade, trazendo para diante das portas touros com grinaldas, queria oferecer um sacrifício com o povo.

14. Mas os Apóstolos Barnabé e Paulo, ao terem conhecimento disto, rasgando as suas túnicas, precipitaram-se para o meio do povo, clamando:

15. "Ó homens, que ides fazer? Nós também somos homens de natureza igual à vossa, que vos pregamos que vos convertais destas coisas vãs ao Deus vivo, que fez o céu, a terra, o mar e tudo o que há neles.

16. Nos séculos passados, permitiu que todas as nações seguissem os seus caminhos.

17. Todavia não se deixou a si mesmo sem testemunho, fazendo benefícios, dando chuvas do céu e estações favoráveis para os frutos, dando em abundância o mantimento e a alegria aos vossos corações."

18. Dizendo isto, a custo puderam impedir o povo de lhes oferecer sacrifícios.

19. Então sobrevieram de Antioquia e de Icónio alguns Judeus que, tendo aliciado a multidão, apedrejaram Paulo e o arrastaram para fora da cidade, julgando que estivesse morto.

20. Mas, rodeado dos discípulos, levantou-se e entrou na cidade. No dia seguinte, partiu com Barnabé para Derbe.

21. Tendo evangelizado aquela cidade e feito muitos discípulos, voltaram para Listra, Icónio e Antioquia,

22. confortando as almas dos discípulos, e exortando-os a perseverar na fé, (dizendo) que é por muitas tribulações que devemos entrar no reino de Deus.

23. Por fim, tendo constituído para cada Igreja presbíteros, depois de terem feito oração e jejuado, encomendaram-nos ao Senhor, em quem tinham crido.

24. Em seguida, atravessando a Pisídia, foram à Panfília,

25. e, anunciada a palavra do Senhor em Perge, desceram a Atália.

26. Dali navegaram para Antioquia, donde tinham sido recomendados à graça de Deus para a obra que tinham concluído.

27. Tendo chegado e reunido a Igreja, contaram tudo o que Deus havia feito com eles e como tinha aberto a porta da fé aos gentios. Depois detiveram-se com os discípulos não pouco tempo.





“Viva sempre sob o olhar do Bom Pastor e você ficara’ imune aos pastos contaminados.” São Padre Pio de Pietrelcina