1. Então, respondendo Baldad Suita, disse:

2. O poder e o terror estão naquele que mantém a concórdia (e a harmonia) nos seus altos (céus).

3. Porventura têm número as suas (celestiais) milicias? E sobre quem é que não se levanta a sua luz?

4. Porventura pode justificar-se o homem, comparado com Deus, ou aparecer puro o que nasceu da mulher?

5. Eis que a mesma lua não tem resplendor, e as mesmas estrelas não são puras na sua presença;

6. quanto menos o homem, que é podridão, e o filho do homem, que é um verme!





“O sábio elogia a mulher forte dizendo: os seu dedos manejaram o fuso. A roca é o alvo dos seus desejos. Fie, portanto, cada dia um pouco. Puxe fio a fio até a execução e, infalivelmente, você chegará ao fim. Mas não tenha pressa, pois senão você poderá misturar o fio com os nós e embaraçar tudo.” São Padre Pio de Pietrelcina