1. Então respondendo Sofar de Naama, disse: (ver nota)

2. Porventura o que fala muito, não terá também de ouvir? Ou bastará a um homem ser grande falador para se justificar? A tua tagarelice calará os homens?

3. Depois de zombares dos outros, ninguém te há-de confundir?

4. Tu disseste (a Deus): "O que penso é verdadeiro, e eu estou limpo na tua presença."

5. Oxalá que Deus falasse contigo, e abrisse contigo os teus lábios,

6. para te descobrir os segredos da sua sabedoria, e a multiplicidade da sua lei, com o que conhecerias que te castigue muito menos do que merece a tua maldade.

7. Porventura alcançarás os caminhos de Deus, e conhecerás perfeitamente o Omnipotente?

8. Ele é mais alto do que o céu; que farás tu? Mais profundo do que o inferno; como conhecerás ?

9. A sua medida é mais comprida que a terra, e mais larga que o mar.

10. Se ele acontecer, aprisionar e citar em juízo (o culpado), quem poderá impedi-lo?

11. Porque ele conhece os perversos, vê a iniquidade, sem que ela dê conta.

12. A' vista disto, mesmo um néscio entenderia, e um jumento andaria na razão.

13. Se voltares o teu coração para Deus, se ergueres a ele os teus braços,

14. Se lançares fora de ti a iniquidade, que está em tuas mãos, Se a injustiça não tiver aceitação na tua casa,

15. então poderás levantar o teu rosto sem mácula, serás estável (na virtude) e não temerás.

16. Então te esquecerás dos teus sofrimentos, lembrar-te-ás deles como de águas que passaram.

17. E se levantará para ti o futuro, brilhante como o meio-dia, as trevas se mudarão em aurora.

18. Terás confiança pela esperança (da vida eterna), que te será proposta, e, deitado, dormirás tranquilo.

19. Repousarás, e não haverá quem te amedronte, e muitos suplicarão a tua face.

20. Mas os olhos dos impios se consumirão; não lhes ficará refúgio (que os livre do castigo merecido), e a sua esperança será o último suspiro.





“Como Jesus, preparemo-nos a duas ascensões: uma ao Calvário e outra ao Céu. A ascensão ao Calvário, se não for alegre, deve ao menos ser resignada!” São Padre Pio de Pietrelcina