1. Eis os filhos de Ruben, primogênito de Israel (porque este foi o seu primogênito, em bora, por ter manchado o tálamo de seu pai, fosse o seu direito de primogenitura dado aos filhos de José, filho de Israel, deixando (desta forma) Ruben de ser considerado primogênito; quanto a Judá, que era o mais valente de todos os seus irmãos, da sua estirpe saíram príncipes, mas o direito da primogenitura foi adjudicado a José).

3. Eis, pois os filhos de Ruben, primogênito de Israel: Enoc, Falu, Esron e Carmi.

4. Filho de Joel: Samia, pai de Gog, cujo filho foi Semei.

5. Mica, foi filho de Semei; Rela, filho de Mica; Baal, filho de Rela;

6. Beera, filho de Baal, a quem Telgatfaluasar, rei dos Assírios, levou cativo, e que foi príncipe na tribo de Ruben.

7. Os seus irmãos e toda a sua parentela, quando se fez a lista deles por famílias, tiveram por príncipes a Jeiel e Zacarias.

8. Bala, filho de Azaz, filho de Sama, filho de Joel, estabeleceu-se em Aroer, até Nebo e Beelmeou.

9. Habitou também para o oriente, até à entrada do deserto e até ao rio Eufrates, porque possuia grande quantidade de gado na terra de Galaad.

10. No reinado de Saul (os seus descendentes) pelejaram contra os Agareus, mataram-nos, e habitaram em lugar deles nas suas tendas, em todo o território que olhava para o oriente de Galaad.

11. Os filhos, porém, de Gad, estabeleceram-se defronte deles, no país de Basan até Selca;

12. Joel era o chefe, Safan o segundo, e em seguida Janai e Safar, em Basan.

13. Os seus irmãos, segundo as casas de suas parentelas, eram: Miguel, Mosolão, Sebe, Jorai, Jacan, Zie e Heber, ao todo sete.

14. Estes foram filhos de Abiail, filho de Uri, filho de Jara, filho de Galaad, filho de Miguel, filho de Jesesi, filho de Jedo, filho de Buz.

15. Foram também seus irmãos os filhos de Abdiel, filho de Guni, chefe das suas casas patriarcais.

16. Habitaram em Galaad e em Basan, nas aldeias e em todos os subúrbios de Saron, dum extremo ao outro.

17. Todos estes foram contados no tempo de Joatão, rei de Judá, e no tempo de Joroboão, rei de Israel.

18. Os filhos de Ruben, de Gad e da meia tribo de Manassés, foram homens muito guerreiros, que traziam escudos e espadas, que manejavam o arco, hábeis para a guerra, em número de quarenta e quatro mil setecentos e sessenta, que marchavam a combater.

19. Fizeram guerra contra os Agareus, mas os Itureus, os de Nafis e de Nodab,

20. prestaram-lhes auxílio. Foram entregues nas suas mãos os Agareus e todos os que os tinham auxiliado, porque invocaram a Deus quando pelejavam, e ele ouviu-os, porque tinham confiado nele.

21. Apoderaram-se de tudo o que possuíam: de cinquenta mil camelos, duzentas e cinquenta mil ovelhas, dois mil jumentos e cem mil pessoas.

22. Houve muitos mortos, porque foi guerra (feita com o auxílio) do Senhor. Habitaram em seu lugar até à transmigração (para Babilónia).

23. Também os filhos da meia tribo de Manassés possuíram as terras desde os confins de Basan até Baal, Hermon, Sanir e o monte de Hermon, porque eram em grande número.

24. Os chefes das casas das suas linhagens foram Efer, Jesi, Eliel, Ezriel, Jeremias, Odoias e Jediel, homens fortíssimos e possantes, famosos, chefes das suas famílias patriarcais.

25. Abandonaram, porém, o Deus de seus pais, e prostituiram-se seguindo os deuses dos povos da terra, que Deus exterminou diante deles.

26. Por isso Deus de Israel suscitou o espírito de Ful, rei dos Assírios, e o espírito de Telgatfalnasar, rei de Assur, que transportou a tribo de Ruben, a tribo de Gad e a meia tribo de Manassés para Laela, para Habor, para Ara e para o rio Gozan, até ao dia de hoje.





“O amor nada mais é do que o brilho de Deus nos homens”. São Padre Pio de Pietrelcina