1. De regresso, chegaram no undécimo dia a Caran, que está no meio do caminho para Nínive.

2. O anjo disse: Irmão Tobias, tu sabes o estado em que deixaste teu pai.

3. Se assim, pois, te parece bem, vamos nós adiante, e os teus domésticos sigam-nos devagar com tua mulher e com os gados

4. Tendo Tobias achado bom este parecer, disse-lhe Rafael: Traz contigo do fel do peixe, porque será necessário. Tomou, portanto, Tobias do fel, e partiram.

5. Entretanto Ana todos os dias se ia assentar junto da estrada, no alto duma colina, donde podia ver ao longe,

6. Enquanto desse lugar espreitava a sua vinda, viu ao longe e logo reconheceu seu filho que vinha; (logo) correu a dar a nova a seu marido, dizendo: Eis ai vem teu filho.

7. Ao mesmo tempo Rafael disse a Tobias: Quando tiveres entrado em tua casa, adora logo ao Senhor teu Deus e dá-lhe graças; depois aproxima-te de teu pai e dá-lhe um beijo.

8. Unta-lhe imediatamente os seus olhos com este fel do peixe, que trazes contigo, porque está certo que logo os seus olhos se abrirão, que teu pai verá a luz do céu e se alegrará em te ver,

9. Então o cão, que os tinha seguido pelo caminho, correu adiante e, como que trazendo a nova, mostrava o seu contentamento e fazia festas, abanando a cauda.

10. O pai, levantando-se, começou a correr cego, tropeçando. Dando, então, a mão a um criado, foi ao encontro de seu filho.

11. Abraçou-o e beijou-o, fazendo o mesmo sua mulher, e ambos começaram a chorar de alegria.

12. Depois que adoraram a Deus e lhe deram graças, assentaram-se.

13. Então Tobias, tomando do fel do peixe, untou os olhos de seu pai.

14. Esperou quase meia hora, e, (então), começou a sair de seus olhos uma belida, como a película dum ovo.

15. Tobias, pegando nela, tirou-a dos olhos do pai, que imediatamente recobrou a vista,

16. E glorificaram a Deus, ele, sua mulher e todos os que ó conheciam.

17. Tobias dizia: Eu te bendigo. Senhor Deus de Israel, por me teres castigado e por me teres curado; eis que vejo o meu filho Tobias!

18. Passados sete dias, chegou também Sara, mulher de seu filho, com todos os seus servidores, de boa saúde, com os rebanhos, os camelos, o grande dote do seu casamento e com o dinheiro restituído por Gabelo.

19. Tobias contou a seus pais todos os benefícios que Deus Ihe tinha feito, por meio desse homem, que o conduzira.

20. Aquior e Nabat, primos de Tobias, foram regozijar-se com Tobias, congratular-se com ele por todos os favores que Deus lhe tinha feito.

21. Banqueteando-se durante sete dias, todos se regozijaram com a maior alegria.





“A mansidão reprime a ira.” São Padre Pio de Pietrelcina