1. E o Senhor pronunciou todas estas palavras:

2. Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egipto, da casa da servidão.

3. Não terás outros deuses diante de mim.

4. Não farás para ti escultura, nem figura alguma do que há em cima no céu, e do que há em baixo na terra, nem do que há nas águas debaixo da terra.

5. Não adorarás tais coisas, nem lhes prestarás culto: eu sou o Senhor teu Deus forte e Zeloso, que vingo a iniquidade dos pais nos filhos, até à terceira e quarta geração daqueles que me odeiam, (ver nota)

6. e que uso de misericórdia até mil (gerações) com aqueles que me amam e guardam os meus preceitos.

7. Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar em vão o nome do Senhor seu Deus.

8. Lembra-te de santificar o dia de sábado.

9. Trabalharás durante seis dias e farás (neles) todas as tuas obras.

10. O sétimo dia, porém, é o sábado (dia de repouso) consagrado ao Senhor teu Deus; não farás nele obra alguma, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu gado, nem o peregrino que está dentro das tuas portas.

11. Porque o Senhor fez em seis dias o céu e a terra, e o mar, e tudo o que neles há, e descansou ao sétimo dia; por isso o Senhor abençoou o dia de sábado e o santificou.

12. Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas uma vida dilatada sobre a terra que o Senhor teu Deus te dá.

13. Não matarás.

14. Não cometerás adultério.

15. Não furtarás.

16. Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.

17. Não cobiçarás a casa do teu próximo, não desejarás a sua mulher, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o Seu jumento, nem coisa alguma que lhe pertença.

18. Todo o povo ouvia os trovões e o som da trombeta. e via os relâmpagos e o monte fumegando: aterrorizados e abalados com o pavor, pararam ao longe,

19. dizendo a Moisés: Fala-nos tu, e nós ouviremos: não nos fale o Senhor, não suceda morrermos.

20. Moisés disse ao povo: Não temais, porque Deus veio para vos provar, para que o seu temor esteja em vós e não pequeis.

21. O povo ficou longe, mas Moisés aproximou-se da escuridão, em que Deus estava.

22. O Senhor disse mais a Moisés; Dirás estas coisa aos filhos de Israel: Vós vistes que eu vos falei do céu.

23. Não fareis para vós deuses de prata, nem deuses de ouro.

24. Far-me-eis um altar de terra, e oferecereis sobre ele os vossos holocaustos e as vossas hóstias pacíficas, as vossas ovelhas e bois. Em todo o lugar onde se fizer memória do meu nome, eu virei a ti, e te abençoarei.

25. Se, porém, me edificares algum altar de pedra, não o edificarás de pedras lavradas; porque, se levantares sobre ela o cinzel, profaná-la-ás.

26. Não subirás por degraus ao meu altar, para que se não descubra a tua nudez. (ver nota)





“Seja perseverante nas orações e nas santas leituras.” São Padre Pio de Pietrelcina