1. O Senhor falou a Moisés, dizendo:

2. Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Se uma mulher tendo concebido, der á luz um menino, será impura sete dias, como nos dias da menstruação.

3. E, no oitavo dia será o menino circuncidado;

4. ela, porém, permanecerá trinta e três dias a purificar-se do seu sangue. Não tocará coisa alguma santa, nem entrará no santuário, até se completarem os dias da sua purificação.

5. Se, porém, der à luz uma menina, será impura durante duas semanas, como no seu fluxo mênstruo, e permanecerá sessenta e seis dias a purificar-se do seu sangue.

6. E, completos que forem os dias da sua purificação por um filho ou por uma filha, levará à porta do tabernáculo da reunião um cordeiro de um ano para holocausto, e um pombinho ou uma rola pelo pecado, e os entregará ao sacerdote. (ver nota)

7. Ele os oferecerá diante do Senhor, e orará por ela e assim será purificado do fluxo do seu sangue; esta é a lei daquela que dá à luz um menino ou uma menina.

8. Se ela, porém, não tiver com que possa oferecer um cordeiro, tomará duas rolas ou dois pombinhos, um para (ser oferecido em) holocausto, outro pelo pecado; o sacerdote orará por ela, e assim será purificada.





“O trabalho é tão sagrado como a oração”. São Padre Pio de Pietrelcina