1. Quando Isboset, filho de Saul, soube que Abner tinha sido morto em Hebron, perdeu a força de suas mãos, e todo o Israel ficou perturbado.

2. Tinha o filho de Saul a seu serviço dois capitães de ladrões, um dos quais se chamava Baana, e outro Recab, filhos de Remon de Berot, da tribo de Benjamim, pois Berot era contada (entre as cidades) de Benjamim.

3. Os Berotitas haviam fugido para Getaim, e moraram lá com o forasteiros até àquele tempo.

4. Jónatas, filho de Saul, tinha um filho aleijado dos pés, porque, aos cinco anos, quando chegou de Jezrnel a nova (da morte) de Saul e de Jónatas, sua ama, tomando-o e fugindo, na precipitação da fuga o deixou cair, e, assim ele ficou coxo. Chamava-se Mifiboset.

5. Vindo os filhos de Remon, Berotita, Recab e Baana, entraram em casa de Isboset no maior calor do dia. Ele estava no seu leito, dormindo a sesta. A porteira da casa, estando a limpar trigo, tinha adormecido.

6. Entraram, pois, na casa sem ser sentidos, Recab e Baana, a tomar umas espigas de trigo; feriram Isboset no ventre e fugiram.

7. Quando eles entraram em casa, Isboset dormia em cima do seu leito no quarto; ferindo-o, mataram-no e, cortando-lhe a cabeça, andaram toda a noite pelo caminho do deserto.

8. Levaram a cabeça de Isboset a Davide, a Hebron, e disseram ao rei: Eis a cabeça de Isboset, filho de Saul, teu inimigo, que procurava tirar-te a vida. O Senhor vingou hoje o rei, meu senhor, de Saul e da sua linhagem

9. Todavia Davide, respondendo a Recab e a Baana, seu irmão, filhos de Remon Berotlta, disse-lhe: Viva o Senhor, que livrou a minha alma de toda a angústia!

10. Àquele que me anunciou: Morreu Saul cuidando que me trazia uma boa nova, fiz que o prendessem e matassem em Siceleg, quando ele julgava ter merecido alvíçaras pela nova;

11. quanto mais agora que homens malvados mataram um homem Inocente dentro da sua casa, sobre o seu leito, não vingarei eu o sangue derramado pelas vossas mãos, exterminando-vos da terra?

12. Davide deu ordem aos seus criados e eles os mataram e, cortando-lhes as mãos e os pés, penduraram-nos sobre a piscina de Hebron. Depois, tomando a cabeça de Isboset, sepultaram-na do sepulcro de Abner, em Hebron.





“Padre, eu não acredito no inferno – falou um penitente. Padre Pio disse: Acreditará quando for para lá?” São Padre Pio de Pietrelcina