1. Disse também (Deus) a Moisés: Sobe ao Senhor tu e Aarão, Nadab e Abiu, com os setenta anciães de Israel, e adorareis de longe.

2. Só Moisés subirá ao Senhor; os outros não se aproximarão, nem o povo subirá com ele.

3. Veio, pois, Moisés e referiu ao povo todas estas palavras do Senhor e as leis; e todo o povo respondeu a uma voz: Nós observaremos todas as palavras ditas pelo Senhor.

4. Moisés escreveu todas as palavras do Senhor. Depois, levantou-se, de manhã, e erigiu um altar no sopé do monte, e doze padrões para as doze tribos de Israel,

5. e enviou jovens dentre os filhos de Israel, que ofereceram os seus holocaustos e imolaram ao Senhor vítimas pacíficas de novilhos.

6. Moisés tomou metade do sangue e lançou-o em taças, e derramou e outra metade sobre o altar.

7. Tomando o livro da aliança, o leu na presença do povo, o qual disse: Faremos tudo o que o Senhor disse, e seremos obedientes.

8. (Moisés) tomou o sangue, derramou-o sobre o povo, e disse: Este é o sangue da aliança que o Senhor celebrou convosco, sobre todas estas palavras. (ver nota)

9. Moisés e Aarão, Nadab e Abiu, com os setenta anciães Israel subiram

10. e viram o Deus de Israel: debaixo dos seus pés (estava) como que uma obra de pedra de safira, que se parecia com o céu, quando está sereno. (ver nota)

11. Ora (o Senhor) não estendeu a sua mão contra os eleitos dos filhos de Israel que, depois de verem a Deus, comeram e beberam. (ver nota)

12. O Senhor disse a Moisés: Sobe para mim ao monte, e deixa-te estar aí: e eu te darei as tábuas de pedra (com) a lei e os mandamentos, que (nelas) escrevi, para lhos ensinares.

13. Moisés e Josué, seu ministro, Ievantaram-se e, quando subiram ao monte de Deus,

14. Moisés disse aos anciães: Esperai aqui, até que voltaremos a vós. Tendes convosco Aarão e Hur; se sobrevier alguma questão, recorrei a eles.

15. Tendo Moisés subido, a nuvem cobriu o monte,

16. e a glória do Senhor pousou sobre o Sinai, cobrindo-o com a nuvem durante seis dias: ao sétimo dia. Deus chamou Moisés do meio da escuridão (da nuvem).

17. O aspecto da glória do Senhor era como o de um fogo ardente sobre o, cimo do monte, à vista dos filhos de Israel.

18. Entrando Moisés pelo meio da nuvem, subiu ao monte, e lá esteve quarenta dias e quarenta noites.





“Se quisermos colher é necessário não só semear, mas espalhar as sementes num bom campo. Quando as sementes se tornarem plantas, devemos cuidá-las para que as novas plantas não sejam sufocadas pelas ervas daninhas.” São Padre Pio de Pietrelcina